quarta-feira, 6 de maio de 2009

Finalmente

Finalmente chegou o dia.
O dia em que disse me amar,
O dia em que não conseguirei dormir,
Mas não de tristeza como nos outros por não te ter.
E sim de alegria por continuar a te querer
E dessa vez sabendo que também me queres.
Demorou e ainda vai delongar um pouco,
Pois estás longe, em outro mundo para ser mais exato,
Mas parece tão perto em meus pensamentos
E mais perto ainda em meu coração,
O “eu te amo” já chegou só falta à dona desse ser.



Autor: Igor Monteiro.

8 comentários:

Cleo disse...

Igor, obrigada pela visita, também vou te seguir aqui, gostei muito dos escritos. Parabéns.
Beijos carinhosos
Cleo

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Igor, obrigado por visitar meu blog e por me seguir. Achei o seu blog belíssimo e inteligente, Parabéns. Vou voltar mais vezes.
Um abraço

Xana disse...

Um dia finalmente tudo acontece , naturalmente :)
beijo e bom fim de semana

Loly disse...

O amor inspira poesia!

Basajr disse...

dona desse ser quer seja por domínio ou por doação eleva-se as alturas por ter tão nobre pensamento dito com o coração!...

Bruno Scaloni disse...

Também espero a pessoa que me ame
:/

GILSON MONTEIRO disse...

acho que esse poema merece uma continuação. O dia em que finalmente "a dona desse ser" chegou. talvez uma continuaçao, com final feliz, o que acha? Finalmente II,a missão. rsrrs.
kd tu que nunca aparece no msn?

Úrsula Avner disse...

Olá Igor, vim te visitar e manter nosso contato. Seu poema expressa desejos de um eu-lírico apaixonado mas que parece não desejar se entregar á paixão. Abraços poéticos.

 
;